EUA exigem uma série de requisitos para isentar países de visto

27/09/2011

Mariana Ceratti - Para integrar o programa Visa Waiver - que isenta da necessidade de visto os turistas que visitarem os EUA por até 90 dias -, o país interessado precisa ter 97% dos pedidos de visto aprovados nos consulados norte-americanos. O Brasil soma 95%, mas ainda precisa atender outros pré-requisitos se quiser entrar na lista de beneficiados (atualmente, são 36).

“Boa parte das pessoas pensa que o índice de aprovação é a única coisa que importa”, explicou ao Correio o adido de imprensa da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília, Dean Cheves. “Também é necessário que haja, por exemplo, intercâmbio de informações de segurança entre os Estados Unidos e o país interessado, um sistema confiável de rastreamento e recuperação de passaportes perdidos e roubados e políticas de controle de fronteiras e de repressão contra o terrorismo.”

A entrada do Brasil no Visa Waiver foi uma das reivindicações apresentadas pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), na 36ª edição do encontro comercial da entidade. “Os brasileiros enviam muitos visitantes aos Estados Unidos e eles têm um papel fundamental na recuperação de nossa economia: eles assistem aos nossos shows, compram, comem nos nossos restaurantes, compram, visitam nossos pontos turísticos e, se sobrar um tempinho, compram mais”, defendeu, em tom bem-humorado, Rafael Villanueva, diretor de Vendas Internacionais do Las Vegas Convention & Visitors Authority, um dos expositores participantes do evento.

Ontem (22/9), a Braztoa apresentou uma campanha pedindo a flexibilização da exigência de vistos tanto para os brasileiros que visitam os EUA quanto para os norte-americanos que viajam ao Brasil. A ideia é alcançar tais objetivos antes da Copa do Mundo de 2014 e, por esse motivo, os representantes do setor têm pressa de conquistar o apoio do governo federal para a causa.

“Integrar ou não a lista de participantes do Visa Waiver nesse prazo depende da velocidade em que o Brasil conseguirá cumprir todos os pré-requisitos”, comentou Cheves. “De qualquer maneira, os governos dos dois países estão focados nas questões relativas à exigência de vistos e discutiram o assunto numa reunião em agosto.”

Ampliação

Uma combinação entre dados do Departamento de Comércio dos EUA e da US Travel Association (que representa o mercado de turismo) mostra que cada vez mais os brasileiros vão à terra do Tio Sam – especialmente para viagens de lazer. Em 2010, os Estados Unidos receberam 1,198 milhão de visitantes vindos do maior país da América do Sul, 849 mil a mais do que em 2003. O gasto desses turistas passou, nesses mesmos oito anos, de US$ 1,688 milhão para US$ 5,918 milhões. Em 2011, o número de visitantes deve aumentar 18% em relação a 2010. E, em 2016, deve chegar a 2,993 milhões.  “É um fenômeno que nos alegra”, reconhece Cheves.

No entanto, essa massa crescente de turistas requer urgentemente a diminuição da burocracia e do tempo de emissão de vistos, segundo a US Travel. No relatório Ready for Take-off (“Prontos para a Decolagem”), divulgado em maio deste ano,  a instituição destaca que os brasileiros levam, em média, 145 dias para obter um visto. “É preciso contratar mais 437 agentes consulares até 2015 e enviá-los para mercados que crescem rapidamente, como Brasil, China e Índia”, pede a entidade.

O relatório enumera outras medidas que ajudariam a diminuir para 10 dias o tempo de obtenção do documento de entrada: entre elas, oferecer entrevistas em horários ampliados (inclusive aos sábados) e em locais fora dos consulados norte-americanos.

Segundo o adido de imprensa, incrementar o número de agentes consulares no Brasil e o aumentar horário de atendimento ao público são possibilidades discutidas pela Embaixada dos Estados Unidos, mas ainda não há informações detalhadas sobre a ampliação nem sobre o prazo em que ela ocorrerá.

A jornalista viajou a convite da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa)

Fonte: Correio Braziliense


voltar




Veja também


Brasil pode ter visto livre para EUA em um ano, diz executivo - 16/11/2011


EUA pretendem avaliar mais de 1,8 milhão de vistos para brasileiros em 2013 - 14/11/2011


Congresso tem projetos para flexibilização de vistos estrangeiros - 05/10/2011


Brasil deixa de receber 640 mil turistas americanos com a exigência do visto - 23/09/2011


Setor de turismo dos EUA pede fim de visto para brasileiros - 10/06/2011


Entidade chama atenção para acesso americano à Argentina - 26/05/2011


Órgão de Miami aposta que Brasil será livre de visto em um ano - 26/05/2011


Vistos para os EUA não entram em debate - 20/03/2011


Fluxo de turismo entre Brasil e Estados Unidos pode ser desburocratizado - 19/03/2011


Grupo dos EUA pede que Obama libere Brasil e Chile de visto - 17/03/2011



Visa Waiver Now - 2017 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Saber