Visto para os Estados Unidos ficará mais fácil e barato

24/04/2012

A embaixada dos Estados Unidos anunciou mudanças que deixarão a  solicitação de visto no Brasil mais barata em dez dias.
 
Com a medida, que passa a valer no dia 30, o preço para obter a licença de entrada no país cairá de R$ 350 para cerca de R$ 290 (US$ 160).
 
A redução de gastos faz parte de um novo processo de concessão de vistos que inclui agendamento e entrevistas.
 
A Embaixada dos Estados Unidos informou que a expectativa com o novo sistema é aumentar o número de atendimentos e diminuir o tempo de espera entre agendamentos e entrevistas. A entrevista deverá ser marcada no site http://brazil.usvisa-info.com.
 
Em seguida, a embaixada enviará e-mail detalhando os próximos passos ao interessado na obtenção do visto.
 
Hoje, quem solicita o visto norte-americano paga R$ 38 para o agendamento da entrevista, US$ 160,00 pela taxa de solicitação de visto (MRV) e cerca de R$ 40 para despesas de entrega do passaporte com o visto. Com a mudança as taxas foram unificadas e houve redução no valor total.
 
Outra boa notícia: para acelerar o processo de emissão do visto, a Embaixada dos Estados Unidos decidiu que a partir de 7 de maio serão abertos centros de Atendimento ao Solicitante de Visto (Casv) em Brasília, Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro e  São Paulo.  O serviço estará disponível também aos domingos.
 
Nesses centros serão coletados os dados biométricos do solicitante antes do comparecimento a um dos consulados em São Paulo, Rio de Janeiro e  Recife e na Embaixada dos Estados Unidos em Brasília. Os interessados em obter o visto que tenham menos de 15 anos e mais de 66 não precisam colher impressões digitais, mas devem entregar fotos 5×7.
 
As mudanças nos serviços de concessão de vistos a brasileiros foram negociadas no encontro entre a  presidente Dilma Rousseff e o presidente norte-americano, Barack Obama. Na ocasião, foi anunciada ainda a abertura de mais dois consulados em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e Belo Horizonte, em Minas Gerais, até o final de 2013.
 
Os novos procedimentos são:
 
1. Preencher o formulário DS-160, disponível no site https://ceac.state.gov/genniv/.
 
2. Pagar a taxa de solicitação de visto de US$ 160. O pagamento poderá ser efetuado com cartão de crédito pelo site do agendamento, por telefone, em dinheiro em qualquer agência do Citibank, ou por boleto bancário. Não haverá mais uma taxa separada para agendamento ou para envio do passaporte.
 
3. Agendar a entrevista pelo site http://brazil.usvisa-info.com ou pelo call center.
 
4. Comparecer a um dos Centros de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) para coleta dos dados biométricos (impressões digitais e foto), levando o passaporte válido e a página de confirmação do formulário DS-160. Solicitantes acima de 66 anos ou com até 15 anos estão isentos da coleta de impressões digitais. Os mesmos ou seus representantes deverão entregar uma fotografia 5×7 e a página da confirmação do formulário DS-160 no centro de atendimento.
 
5. Comparecer à entrevista, se for solicitado, na embaixada ou em um dos consulados. Solicitantes deverão apresentar o passaporte válido e a página de confirmação com o código de barras do formulário DS-160.
 
6. Solicitantes qualificados ao visto poderão receber o passaporte com visto em domicílio ou em local pré-escolhido.

Fim do visto
 
A menos que algo muito fora do comum aconteça, é questão de tempo até que a exigência do visto para brasileiros seja extinta.
 
Hoje, é forte a pressão por parte da indústria turística e comercial dos Estados Unidos  pela inclusão do nosso país no programa Visa Waiver, colocando fim à exigência.
 
Os dois maiores entraves para que o Brasil celebrasse o acordo era o grande número de imigrantes brasileiros ilegais que tentavam se estabelecer nos Estados Unidos e a falta de passaportes digitais, sistema que está ainda em implantação no nosso país.
 
Com a primeira questão praticamente resolvida, aliada ao crescimento da economia brasileira e retração de sua própria, os americanos têm facilitado o acesso dos turistas do Brasil ao seu País.
 
O índice de rejeição nos pedidos de vistos, que é outro fator para a entrada no Visa Waiver, subiu de 95% em 2011 para 96% neste ano – apenas um ponto percentual abaixo do índice necessário para o fim do visto (97%).
 
Nos bastidores, Casa Branca e Palácio do Planalto certamente têm uma data prevista para a assinatura do Visa Waiver, que também será um impulso importante para o turismo em nosso país. Resta saber quando isso ocorrerá. entos no novo site.


Fonte: Agência Brasil


voltar






Visa Waiver Now - 2017 - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Saber